Segurança reforçada no combate à criminalidade

Com o aumento da criminalidade, a demanda por segurança em condomínios aumenta todos os dias na tentativa de inibir crimes e vandalismo. Diante disso, síndicos e condôminos devem adotar medidas para amenizar as vulnerabilidades. Saiba quais são os itens imprescindíveis para garantir a sua segurança em cidades com altas taxas de crimes, como o Rio de Janeiro.

Cuidados que fazem a diferença

Um dos cuidados no quesito segurança é ter prudência ao contratar os funcionários. O ideal é solicitar os antecedentes e checar referências dos candidatos. Na hora da contratação, é recomendável escolher quem já tenha experiência e treinamento para trabalhar em condomínios.
Também vale manter um cadastro geral de condôminos e moradores, que poderá ser acessado de maneira fácil e prática, em caso de emergências nos imóveis.
Outras dicas que ajudam a reforçar a segurança:

  • manter um cadastro de visitantes;
  • solicitar a identificação civil, em casos suspeitos;
  • receber encomendas somente na portaria;
  • fechar as entradas em momentos específicos, como o recolhimento de lixo, ou limpeza das áreas externas.

Equipamentos de segurança

Câmeras 24 horas, sistemas de alarme integrados a uma central telefônica, sensores, mecanismos de controle de acesso, automatização de portões – tudo isso, são tecnologias que favorecem a reputação do condomínio e ajudam a inibir os índices de violência, como assaltos e homicídios. Só no Estado de São Paulo, roubos e furtos a condomínios cresceram 56% em 2018. Foram 1.300 crimes do tipo entre janeiro e abril, segundo dados da SSP obtidos via Lei de Acesso.

[FONTE: https://g1.globo.com/sp/sao-paulo/noticia/roubos-e-furtos-a-condominios-crescem-56-no-estado-de-sp-em-2018.ghtml].

Para José Elias de Godoy, especialista em segurança pública e autor do livro “Técnicas de Segurança em Condomínios”, a invasão em 90% dos casos se dá “pela porta da frente do prédio”.

Ele destaca que a segurança física do prédio (equipamento de segurança) pode diminuir o número de crimes, pois aumenta a fiscalização nos locais em que estão instalados.

Vale a pena pesquisar e conhecer bem a funcionalidade de cada um desses itens, para escolher os que vão facilitar a sua rotina e deixar seu condomínio mais seguro.