Qual sistema de interfone para condomínios é o mais ideal?

O interfone para condomínios é essencial para a segurança e bom funcionamento condominial. Por meio dele a comunicação entre o porteiro e os condôminos é facilitada, bem como a entrada de visitantes e prestadores de serviços.

Na hora de instalar o interfone para condomínios, surge a dúvida a respeito da melhor maneira de fazer isso e qual tipo de sistema é o mais ideal.

Para facilitar essa decisão, a Ser-Tel preparou esse artigo, explicando quais as principais características dos três sistemas de interfone para condomínios disponíveis no mercado.

Usando interfone para condomínios

Por que instalar um sistema de interfone para condomínios?

Por meio de um sistema de comunicação interna, também chamado de PAX, é possível que haja uma maior comunicação entre moradores do mesmo prédio ou condomínio, ou de departamentos distintos de uma empresa. Para os condomínios, o interfone é ainda mais importante, já que possui também uma comunicação direta com a portaria e oferece a possibilidade da liberação de entrada dos visitantes. Dessa maneira, além de facilitar a comunicação, o interfone para condomínios funciona como um dispositivo extra de segurança.

Além da comunicação interna, é possível também que o PAX realize ligações externas, caso seja interligado à uma central PABX. Sendo assim, o sistema de interfone para condomínios é a melhor maneira de facilitar a comunicação e reforçar a segurança de todos os condôminos.

Quais são os sistemas de interfone para condomínios disponíveis?

São três os tipos de sistemas de interfone para condomínios disponíveis no mercado: sistema analógico, sistema digital e sistema por PABX.

Sistema de interfone analógico

Esse sistema de interfone para condomínios permite a comunicação entre o interior da casa e o exterior do condomínio, com o objetivo de identificar visitantes e prestadores de serviço e liberar a sua entrada. A liberação acontece de maneira automática e é acionada por meio de um botão, instalado junto ao interfone interno. A comunicação entre condôminos também é possível, mas, só pode ser feita por intermédio da central, ou seja, só é possível a comunicação interna desde que seja intermediada pela portaria. É o sistema mais comum e mais indicado para residências e condomínios com poucos apartamentos.

Sistema de interfone digital

O sistema digital funciona, a principio, da mesma maneira que o analógico. Dois fones, um interno e outro externo, se comunicam de maneira direta, havendo a possibilidade da liberação de entrada por meio do acionamento de um botão. A diferença, que torna o digital mais prático, é a possibilidade da comunicação direta entre apartamentos. Dessa maneira, não é necessário nenhum contato primeiramente com a portaria, uma vez que o interfone para condomínios com sistema digital é integrado diretamente com todos os apartamentos. Além disso, a qualidade da ligação é superior nesse tipo de sistema, o que eleva um pouco os custos, tornando-o mais adequado para grandes condomínios.

Sistema de interfone por PABX

O PABX é uma central telefônica, que permite realizar e receber chamadas de vários ramais, simultaneamente. Além da possibilidade de atender as ligações internas, seja dos outros condôminos, da portaria ou de algum visitante que queira se identificar, o interfone para condomínios, quando integrado ao sistema PABX, permite também ligações externas, ou seja, funciona também como um telefone comum. Esse tipo de sistema é muito utilizado por empresas, de pequeno ou grande porte, e por condomínios que, além de área residencial, conta também com salas empresariais.

Qual sistema de interfone para condomínios devo escolher?

Antes de escolher o interfone para condomínios ideal, é fundamental saber quais são as necessidades de todos os que moram no condomínio e farão uso desse sistema de comunicação. Também é preciso levar em conta a intensidade com que o sistema será usado. Não faz sentido, por exemplo, instalar um sistema de interfone PABX se a única utilidade será atender aos visitantes. Também não é viável instalar um sistema analógico em um grande condomínio, principalmente se há comunicação constante entre os condôminos, porque isso acabaria sobrecarregando os funcionários da portaria e o atendimento seria prejudicado.

Portanto, não existe um modelo de sistema de interfone para condomínios que seja melhor e outro pior. O que cabe ser observado é a adequação de cada sistema às necessidades dos condôminos.

Se você pretende instalar uma central de interfone para condomínios ou ainda têm dúvidas a respeito de qual sistema utilizar, entre em contato com a Ser-Tel! Atuamos há 50 anos no mercado de segurança eletrônica, com os três tipos de interfone para condomínios, além de CFTV, automatização de portões e demais sistemas que deixarão a sua casa ou empresa mais seguras.

Entre em contato, conheça todas as soluções que oferecemos e peça seu orçamento!

Outros links úteis:
cabeamento estruturado
segurança eletrônica rj